A NOVA MISS EUA E TODA SUA BELEZA

maio 15, 2017
 

Falarmos que ela é mais uma inspiração de beleza crespa e que está sendo notícia por exibir seu lindo cabelo crespo e natural seria pouco pra nós, não é mesmo?

Mas é também muito importante destacar o fato de que, uma mulher negra, e de cabelo crespo, conquistou o prêmio de Miss, e justamente nos EUA, país que sabemos o quão forte (infelizmente) é o racismo. E também as próprias inseguranças de Kára McCullough.

Kára era a única candidata com cabelos crespos, e nas declarações que deu ao site Refinery29, desabafou que sentiu medo em usar seu cabelo natural, pelo receio da aceitação das pessoas, medo este não muito diferente do que tantas de nós já sentimos. E para a surpresa dela, e felicidade nossa, o resultado foi bem diferente e eis que ela conquistou a tão desejada coroa.



Além de conquistar a coroa, Kára conquistou nosso respeito e admiração com declarações onde afirmou que se sente confiante com seu cabelo natural, mas que também resolveu assumi-los para que outras pessoas se sentissem representadas. (Já queremos adicionar ela no nosso grupo de crespas <3), ela acredita que ainda prevaleça os cabelos lisos, mas que as coisas estão mudando.
              

E ela tem razão, muitos passos estão sendo dados a caminho da aceitação, da diversidade e, principalmente, do empoderamento de muitas mulheres. Vale sempre destacar que muitas vezes o passo para a conscientização e empoderamento das mulheres negras, se dá através da estética e da representatividade, então declarações e posturas como a de Kára causam um impacto positivo em muitas de nós.

Ainda sobre o cabelo crespo de Kára, o hairstylist, Albert Luiz, informou que para o desfile, o objetivo foi deixa-lo com a textura mais natural possível, realizando alguns retoques com o objetivo de criar mais volume (igual a muitas de nós).

     


Por final, vale destacar que Kára é muito mais que uma inspiração crespa, e sim uma inspiração para além da estética. Não pense que a Miss vive apenas do mundo de glamour, Kára é cientista nuclear na Comissão Reguladora Nuclear dos EUA e coordenadora do programa Science Exporation for Kids (Exploração Científica para Crianças), financiado por ela.


Temos como não amar?




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.